logo-webdesign-blog-marketing-digital-brasil-rhodesign-300px
MENU

Startups – o que são, quais os tipos e como criar

Sabe aquela ideia completamente genial que você teve, a qual ajudaria as pessoas de maneira tecnológica e inovadora, mas aí bateu uma insegurança de como colocá-la em prática? Esse pode ser o projeto inicial para uma startup.

Startup é um termo que vem sendo muito utilizado no ramo dos negócios, mas muitas pessoas não sabem ao certo o seu significado ou o que vem a ser esse projeto. Seria uma empresa? Uma filial? Uma ideia relacionada a tecnologia?

É fato que existem muitos termos sobre a denominação e preparamos esse artigo justamente para esclarecer todas essas dúvidas apresentando o que é uma startup, quais os tipos de negócio e como abrir uma empresa desse ramo do zero, seja em um espaço na sua casa, em um coworking ou estabelecimento físico.


O que é startup

Startup é uma empresa com modelo de negócio repetível e escalável, significa que o negócio irá atrair uma grande demanda de clientes em pouco tempo, gerando lucros sem aumentar os custos da empresa.

Esse modelo é formado com a iniciação de atividades inovadoras, com soluções tecnológicas que podem beneficiar as pessoas de alguma forma, atendendo alguma necessidade geral do mercado. Para criar uma startup é preciso ter uma ideia inovadora e que faça diferença, mas é ideal que tenha a consciência de que essa pode não ter um futuro promissor.

Definir um projeto como uma startup está muito relacionado a algo novo e que está na sua fase inicial, também caracterizado por projetos ágeis e que se desenvolvem em um curto período de tempo.


Conheça 6 Tipos de Startups

Para aqueles que irão criar um startup, investir nelas ou apenas estejam nesse meio do empreendedorismo, é ideal que saibam exatamente quais são os tipos de startups.

Além de muitas pessoas desconhecerem o real significado desse termo, também não sabem da existência das variações dentro das startups, mas se faz muito necessário em determinadas situações. Afinal, qual tipo de startup você tem, quer criar ou investir? É difícil encontrar uma resposta e mais difícil ainda é iniciar seus projetos sem ela.

O tipo de startup influencia muito na forma como o seu negócio irá fluir e ter destaque no meio do empreendedorismo.

Small Business Startups

é formada por uma pequena empresa local, geralmente um negócio familiar ao qual gera renda para a sua própria sustentação ou da família inteira. Essas empresas costumam ser lanchonetes, restaurantes, lojas virtuais e demais comércios de grande importância para a economia local, podendo ser também uma ótima forma de iniciar um negócio em home office;

Scalable Startups

esse modelo possui grandes chances de expansão e de se tornar uma startup milionária, formada pela criação de um projeto que ganha a atenção de muitos investidores, gerando um capital e aumentando as ações na bolsa, um bom exemplo é a Netflix;

Lifestyle Startups

se o seu desejo é fazer algo por amor, então essa é a melhor opção. Nesse caso é montada uma empresa baseada naquilo que o seu criador ama, por exemplo, você ama dançar e logo abre um negócio voltado para esse ramo;

Buyable Startups

se trata de uma ideia que tem grande proporções de dar certo, mas para que se concretize precisa de investidores que comprem a ideia antes mesmo de ela apresentar resultados, um exemplo são os aplicativos de celular;

Social Startup

essa empresa é focada em oferecer algum bem social as pessoas, dando mais oportunidades a elas e melhorando o mundo de alguma forma, seja com fins lucrativos ou não;

Large Company Startups

nesse caso a empresa começa com a produção de algo revolucionário que logo ganha a atenção do público, mas para esse tipo de startup se manter se faz necessário estar sempre atualizado sobre as tecnologias e aquilo que está em alta no mercado.

large company startups


Como criar uma startup

Criar um negócio por si só exige organização, planejamento, esforço e muita dedicação, e quando se trata de uma startup isso se faz ainda mais necessário, uma vez que na maioria das vezes esse negócio atua com o investimento de outras pessoas.

Ideias de startups

Para iniciar o seu projeto, comece elaborando ideias, essas precisam ser criativas, inovadoras e de alguma forma terem chances de se destacar no mercado. Se já tiver uma em mente, aprimore a mesma até que se torne um planejamento de sucesso e que tenha um grande potencial para crescimento.

Como ter ideias para startup

As ideias para uma startup podem acabar surgindo em momentos totalmente inesperados, por isso é importante estar sempre atento às coisas que acontecem ao seu redor, tanto em relação ao tempo, as suas atividades diárias, as demais pessoas etc. Geralmente são nesses momentos que temos gatilhos de ideias, onde a imaginação flui e já enxerga o produto pronto.

Uma boa forma de expandir as ideias é tentar solucionar problemas que você se depara no seu dia a dia, por exemplo, quem criou o Uber solucionou o problema de pessoas que pegavam ônibus, caso contrário teriam que procurar um táxi próximo ou então ligar para um. De fato, era um grande transtorno, por isso o Uber veio de forma revolucionária apresentando um aplicativo ao qual as pessoas podem chamar um carro da onde estiverem e ainda sabendo previamente qual valor irão pagar pela corrida.

Viu só como até as coisas simples do dia a dia que parecem tão comuns podem resultar em grandes ideias para as startups?

Equipe startup

Apesar de parecer fácil montar uma equipe chamando alguns amigos e familiares para participarem, essa é uma tarefa muito mais complexa, pois exige que as pessoas que irão participar sejam comprometidas e agreguem de alguma forma para a startup.

A regra é básica, é preciso de pessoas que complementam as suas ideias e levem para a empresa aquilo que você não pode oferecer. Supondo que o seu negócio seja de produtos artesanais, você tem a ideia e sabe como administrar, logo precisará de alguém para investir, outra pessoa para produzir, alguém para a contabilidade e assim por diante.

Equipe de uma Startup

Planejamento startup

Para que uma startup tenha bons resultados é muito importante ter um planejamento para a sua criação, assim se tornando mais fácil traçar métricas e estabelecer tudo o que será necessário para o seu desenvolvimento.

Planejamento estratégico startup

O planejamento estratégico é um processo onde a equipe pode discutir qual é a situação atual da empresa comparada às suas oportunidades existentes. Analisando a situação da startup como um todo e ressaltando todos os pontos que precisam de melhorias, é uma boa forma de começar esse planejamento.

Depois de analisar essa situação, a equipe já pode começar a traçar as estratégias que irão beneficiar o empreendimento, gerando bons resultados e expandindo a sua popularidade.

Planejamento financeiro startup

Para traçar o planejamento financeiro é preciso estabelecer previamente todos os gastos e investimentos necessários para fazer a startup crescer. Veja quais são:

  • Estabeleça todas as suas metas previamente para que assim tenha uma base do investimento que será necessário;
  • Calcule os gastos fixos, por exemplo, aluguel, luz, internet etc;
  • Tenha uma base do lucro previsto para os próximos 6 meses, é importante que seja realista em relação a esses valores;
  • Preveja futuros cenários que precisarão de investimento, como o marketing, assessoria etc.
  • Esses são dados relevantes para a saúde financeira da empresa e que devem estar sempre atualizados. Ainda se faz necessária a avaliação da necessidade de cada ação antes de contratá-la.

Abrir startup

Depois de definir todos os pontos citados acima e ter um bom planejamento já é possível abrir a sua startup, para isso você não precisa necessariamente ter um espaço físico já que no início manter um estabelecimento pode ser dificultoso e prejudicial financeiramente falando. Devido a isso, no início você pode optar por realizar o trabalho home office ou então alugar um espaço para a sua equipe em um coworking, possibilitando que a startup tenha seu próprio local físico por um valor baixo.

Além disso, é preciso legalizar a abertura do seu negócio a cadastrando como ME (Microempresa) ou EPP (Empresa de Pequeno Porte). Há outras variações, mas no início dificilmente a startup irá se enquadrar dentro das especificações de empresas maiores. Veja quais como classificar o seu negócio:

  • ME – faturamento anual de até R$360 mil;
  • EPP – faturamento anual de até R$4,8 milhões.

Cultura de startup

A cultura da startup é um ponto muito importante a ser definido após a sua abertura, isso porque é através dela que as pessoas podem se identificar ainda mais com o seu negócio e também pode atrair mais investidores.

A cultura da empresa é aqui que define os seus objetivos, pensamentos e tudo aquilo que move o negócio. Pense que essa é uma maneira de criar um DNA para a empresa e aquilo que mostrará o seu diferencial.

Mas esteja atento ao estabelecer uma cultura, pois ela deve ser fiel aquilo que o serviço ou produto oferece. Por exemplo, a startup tem uma cultura que prega pela diversidade e inclusão, então essa deve mostrar no seu negócio como um todo que esse de fato foi feito pensando em todas as pessoas independentemente da sua cor, etnia, gênero, sexualidade, capacidade física e demais.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Como prefere ser contactado?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

🎁 Quer receber uma Análise de Marketing Digital Grátis?

Essa é a sua chance de receber uma análise de marketing gratuita do seu projeto, incluindo análise da sua concorrência.

Mais artigos do blog: