Como usar o link interno para melhorar o SEO do seu site

[no_toc]

Neste artigo irá encontrar:

» O que é Link Interno?
» Link Interno x SEO
» Estratégia de Links Internos
» Como melhorar linkagem interna do site?

Um ótimo conteúdo e a atração de links de entrada são os principais elementos de sua estratégia de SEO.

Se você criou um blog ou e-book empolgante, naturalmente desejará trabalhar para garantir que você direcione o máximo de tráfego possível para ele.

Parte dessa estratégia sempre deve incluir links internos e entender como as outras páginas do seu site podem contribuir com valor para a sua nova página.

Se você estiver trabalhando em uma campanha importante, é absolutamente essencial descobrir quais das suas já excelentes páginas de alta autoridade devem estar vinculadas à sua nova página ou quais esforços contínuos podem continuar a criar autoridade de link para o seu site ao longo do tempo. Esse processo é chamado de links internos.


O que são os links internos ou ligação interna?

Ligação interna é quando você usa hiperlinks para vincular uma página do seu site a outra página do seu site. Essa estratégia pode manter os usuários em seu site por mais tempo e aumentar a autoridade de SEO.

Com ótimos links internos, a classificação de frases-chave muito difíceis fica muito mais fácil à medida que você compartilha a autoridade do seu outro melhor conteúdo com seus novos esforços.

Por que a ligação interna é importante

Lembre-se de que o objetivo final de um mecanismo de pesquisa é apresentar as melhores páginas sobre um tópico na web.

Com o foco que muitos construtores de links e especialistas em SEO têm em links de entrada e no desenvolvimento de links de outros sites, é fácil ignorar a importância da ligação interna.


Link interno e SEO

Sempre que você cria um link interno para uma página, ele sinaliza ao Google que uma página no seu site é mais importante.

Links internos e links de fontes externas de alta qualidade podem melhorar a autoridade do seu mecanismo de pesquisa e sua classificação.

Se você ouviu falar que os links de entrada são como outros sites que votam no seu conteúdo e informam aos mecanismos de pesquisa sobre o que é o conteúdo, os links internos são como votar em você e também informam o mecanismo de pesquisa sobre o seu voto.

Embora seja obviamente melhor ter mais pessoas do que você votando em seu conteúdo, se você não começar por votar em si mesmo, os mecanismos de pesquisa terão dificuldade em considerar sua página como uma das melhores da Web.

Os links internos são valiosos não apenas porque são um sinal direto de que seu conteúdo é importante, mas também porque esses links transmitem sua própria autoridade de link.

Quando você considera que a autoridade de link de cada página está sendo compartilhada em seu site a partir desses links internos, o valor do seu blog e de outras páginas vinculadas é mais óbvio para os mecanismos de pesquisa.

Embora essas páginas estejam bem classificadas e gerem tráfego por conta própria, há uma segunda camada de benefícios de SEO que elas podem trazer ao seu site se você as aplicar adequadamente à sua estratégia de vinculação interna.


Como estabelecer uma estrutura de link interno

Se houver uma página em seu site que você se preocupa muito e que tenha muito valor para você, pense em como explicar esse valor a um mecanismo de pesquisa.

Uma maneira rápida de fazer isso é criando uma estratégia de vinculação interna ao seu redor.

Comece considerando como um mecanismo de pesquisa entende o valor de um link interno; está olhando quantas páginas do seu site têm link para essa página e como elas apontam para ela.

Se todas as páginas do seu site apontarem para algo, isso deve ser importante para você – como a sua página inicial ou a página inicial do seu blog.

Se os únicos links para o seu blog são da seção ‘Sobre nós’ e nada da sua página inicial ou da navegação principal do seu site, você já enviou um sinal forte aos mecanismos de pesquisa de que seu blog não é muito forte.

Por outro lado, se o seu blog estiver na navegação principal do seu site, o Google e o Bing o tratarão como uma das suas principais páginas.

Isso funciona de maneira semelhante a postagens específicas do blog, bem como ao seu blog. Se você escrever uma postagem extensa no blog que defina algo, como uma estratégia ou tendência em seu setor, poderá vincular frases a elas para provar ao Google que esta página é valiosa para os seus leitores.

Para aproveitar ao máximo os links internos, faça uma auditoria nas páginas principais do seu site e onde você pode interligar entre eles.

Ao escrever posts, você também pode fazer com que seus escritores e outras pessoas publiquem em seu site para se vincular a outros posts e páginas do blog quando parecer natural.

Para ajudá-lo a desenvolver sua estrutura de ligação interna, confira as dicas abaixo.


3 maneiras de melhorar a linkagem interna no seu site

Aqui estão três exercícios que você deve seguir para garantir que você está usando efetivamente a autoridade de suas páginas internas.

1. Esboce um mapa do seu site

Faça uma lista de cada página em sua navegação principal e quais links estão em cada uma dessas páginas principais. Isso ajudará você a entender os links que você já possui entre cada seção do site e como os vinculou no passado.

Às vezes, exibir visualmente todo o site é a única maneira de entender o que você ignorou e o que está funcionando.

Você pode descobrir que o motivo pelo qual algumas de suas melhores páginas estão bem classificadas é porque você subconscientemente fez um ótimo trabalho criando seus próprios links para eles a partir de outro conteúdo.

2. Veja os tópicos sobre os quais você escreve com frequência

Se você escreve regularmente sobre algo, deve ter outra página dedicada em seu site sobre esse tópico – como uma página de destino com uma oferta, por exemplo.

Cada uma dessas postagens deve estar vinculada a essa página autorizada sobre o assunto e deve ser otimizada para conversões.

Se sua página de destino possui uma frase de chamariz destacada, o uso eficaz de links internos ajudará a gerar mais novos leads por meio da oferta.

Considere também onde essa página está na sua navegação e se vale a pena vincular a partir da página inicial ou da página de produtos.

Dependendo da sua empresa, você pode até achar que vincular a uma postagem ou página específica do blog na navegação principal do seu site pode lhe agradar.

Por exemplo, se sua empresa frequentemente precisa explicar sua empresa para as pessoas que o descobrem, isso seria uma boa publicação no blog que merece grande promoção em todo o site.

3. Pense em todas as outras páginas que poderiam vincular à sua página de classificação

Se for uma página relacionada a um tópico sobre o qual você escreve com frequência, certifique-se de que cada uma das suas novas postagens no blog faça referência a essa página e faça o link para ela.

Isso é o que fazemos nos posts do blog da Webtrends.

Um dos principais fatores por trás de sua classificação é que escrevemos regularmente sobre como posicionar sites no Google, temos muitos links muito poderosos em nossos posts sobre estratégias de SEO e temos pelo menos um link em cada um deles.

As postagens que escrevemos nos últimos anos sobre esse tópico têm uma grande autoridade própria, porque as pessoas se vincularam a elas e cada uma delas se vincula à nossa página de destino para aumentar ainda mais esse valor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *