RHOdesign

Cansou? Saiba como mudar de profissão em qualquer idade

Em determinada momento da vida você pensa: quero mudar de profissão! E agora? Como mudar de profissão e dar certo em uma nova carreira, assim, do zero?

Essa vontade de mudar de carreira pode surgir a qualquer instante da carreira profissional, seja uma carreira profissional de sucesso ou não, pois basta você perceber que não faz mais sentido continuar da forma que está.

Porém, na maioria dos casos, existe um elemento forte que faz com que muitos não sigam com a ideia de mudança e se tornem infelizes ou acomodados: o receio de mudar de profissão e dar certo.

“Atualmente, há um exagero de padrões: você precisa ganhar bem, ser conhecido, ser realizado”, diz a filósofa Bia Machado, professora da Casa do Saber, de São Paulo. “Quem não se enquadra fica desnorteado.” A saída, diz Bia, é fazer um processo de autoconhecimento e pensar a carreira no longo prazo. A pergunta a ser respondida é: “O que é bom para mim e só para mim?”.

Contudo, é preciso ter coragem para mudar de profissão. Será que seguir esse desejo de mudar e recomeçar em outra carreira não é arriscado demais?

Dicas de como mudar de profissão e ter sucesso:

1. Tenha uma reserva de dinheiro

Quando mudar de carreira, será praticamente inevitável enfrentar um período de vacas magras — pelo menos no começo. Sabendo disso, você deve se preparar para essa fase de transição com a devida antecedência. Assim, antes de sair do seu emprego atual, comece a economizar tudo o que puder.

Poupando o equivalente ao montante de 3 a 6 meses do seu salário atual, você garante que, mesmo com dificuldades para se recolocar no mercado, poderá momentaneamente manter seu estilo de vida. Essa dica é ainda mais importante para quem sustenta uma família, pois a falta de dinheiro pode gerar muito mais pressão e estresse no processo da mudança de carreira.

2. Pense sobre o que você mais gosta de fazer

Se a razão principal para avaliar a mudança de profissão está no facto de já não se sentir estimulado pelas tarefas que o seu trabalho lhe exige, é tempo de ponderar. Analise os seus interesses, aquilo que faz melhor e em que tipo de empresa ou organização terá mais hipóteses de ter sucesso profissional. Tome uma decisão apenas com estes fatores em mente.

3. Invista na formação e em novas competências necessárias a nova carreira

Depois de refletir sobre o que mais gosta de fazer, avalie de forma realista as suas competências. Se gosta muito de computadores, mas não tem conhecimentos profundos de informática, pense em realizar formação nesta área de forma a atualizar os seus conhecimentos e adquir outros. Em determinadas áreas, para lá da experiência profissional, é muito importante ter conhecimentos técnicos que reflitam o estado da arte da sua nova profissão.

4. Atualize o seu currículo

Olhe para o seu currículo pensando na carreira que deseja ter. Se já não o atualizava há algum tempo, adapte-o ao empreego que procura atualmente: pense nas competências que já possui e como pode vir a usá-las no seu novo trabalho. Acrescente, também, qualquer formação extra que tenha realizado entretanto. Se ainda não aderiu à rede social Linkedin, é importante que o faça. A sua presença nesta rede social coloca o seu currículo à disposição de mais pessoas, e é um dos métodos de procura de talentos a que as empresas mais recorrem atualmente.

5. Reúna o máximo de informação sobre a sua nova carreira

Ter coragem e estar motivado para mudar é importante, mas não é suficiente. Você precisa estudar bem o mercado e a sua nova carreira. Tente reunir o máximo de informação sobre a carreira que pretende iniciar. Questione profissionais reconhecidos sobre as tarefas a desempenhar, quais as características que os empregadores procuram e como funciona o mercado de trabalho no setor.

6. Faça contactos com profissionais da área

Falar com pessoas na área da sua nova carreira é importante para recolher informação, mas também para realizar contactos no setor e dar a conhecer o seu interesse pela área a possíveis futuros empregadores. Fale com os seus amigos e familiares acerca dos seus planos de reconversão profissional e amplie a sua possibilidade de tomar conhecimento de vagas disponíveis na área que procura.

7. Aceite a fase ruim por começar do zero

A decisão de mudar de carreira não deve ser tomada de ânimo leve. Seja qual for a profissão que esteja a pensar iniciar, o importante é ser flexível. Mesmo que na sua carreira anterior tenha desempenhado funções mais complexas ou de direcção, é normal que, ao começar de novo, tenha de o fazer num lugar que corresponda a funções mais operacionais.

Já falamos sobre o período de vacas magras, mas vale reforçar: é praticamente certo que o começo dessa nova empreitada será difícil. Vai ser preciso enfrentar o desemprego, talvez por algumas semanas ou mesmo meses, até a primeira empresa resolver apostar em você e na sua vontade. Pense bem: é a mesma situação que você já vivenciou quando começou a trabalhar pela primeira vez e não tinha muita experiência.

O importante aqui é entender que esse período não fala nada a respeito do seu potencial ou da sua capacidade. Você precisa, portanto, encará-lo como um processo natural, que todo profissional precisa atravessar quando está começando uma carreira — mesmo que seja a segunda carreira!

Saiba quando é a hora certa de mudar de profissão:

6 cuidados que você deve tomar se estiver pensando em mudar de profissão:

  • Trocar de área faz sentido se estiver alinhado com seu propósito de vida. Isso exige uma alta dose de autoconhecimento:
  • Tome cuidado para não fazer um movimento impulsivo. Muitos profissionais tomam decisões apressadas que são fundamentadas em dificuldades pessoais, modismo ou num salário mais atraente. É muito fácil se frustrar nesses casos.
  • O talento é tão importante quanto o desejo. Portanto, analise com cuidado quais são suas habilidades e seu estilo de vida, e se esses fatores estão em sintonia com a opção em mente.
  • É importante construir uma outra rede de contatos. Muitas vezes, a nova área possui valores e cultura próprios, que levam um tempo longo para ser aprendidos. Cursos e eventos são boas fontes de informação.
  • Mesmo que você tenha talento para a nova profissão é necessário avaliar a demanda do mercado e, eventualmente, definir etapas intermediárias para implementar o novo rumo.
  • Uma transição de carreira gera custos que devem ser considerados. É importante verificar se há recursos próprios suficientes para passar pela fase do aprendizado. Isso irá definir se é melhor deixar o atual trabalho e se dedicar plenamente à construção do sonho, ou ir de forma mais gradual, sem abandonar o emprego.

Uma resposta para “Cansou? Saiba como mudar de profissão em qualquer idade”

Os comentários estão desativados.